quarta-feira, 23 de julho de 2008

Adeus

Se eu te encontrar pelas ruas,
Não precisa mudar de calçada.
Passarei reto por ti,
Como se entre nós, não houvesse nada.

Não precisa baixar a cabeça,
Para não ver meus olhos nos teus.
Passarei por ti sem rancores,
como se entre nós, não houvesse adeus.

Nossos sonhos são tão diferentes,
E o melhor remédio
É não deixar que esse amor faça contato.
Mesmo que para isso,
Seja preciso chorar.

Não há culpa nem mágoa,
O destino assim escreveu.
Podemos encontrar em outros braços,
Esse amor que entre nós não viveu.


5 comentários:

Ivy disse...

tempos de escola on mode ON.

x)

Rodrigo disse...

nhaaa, fico mtooo bommmm o/
ameii *-*

by Rodrigo

Ivy disse...

que que tinha ali, que tu excluiu? sahiusauiashuash tri metida

♪♪Thays♪♪ disse...

Foi um comentário meu q eu tinha escrito errado um treco

Ana Laís, disse...

Lindoooooo! *-*