domingo, 13 de fevereiro de 2011

I Don't Believe in Valentine's Day

- Oi!

- ... Olá

- ... Posso te fazer uma pergunta?

- Vá em frente...

- Você acredita em Dia dos Namorados?

-...

Ela ri. Um riso baixo e amargo.

-... Que foi? Qual é a graça?

- ...Você quer saber se eu acredito em Dia dos Namorados? Ótimo...

Então ela se levanta e vai até a janela. Em seguida, pega um maço de cigarros. Tira de dentro um deles e o acende com um isqueiro de prata. Logo dá uma bela tragada, expelindo a branca e translúcida fumaça por entre os lábios secos.

- Para ser sincera, eu não acredito em Dia dos Namorados. Não acredito em presentear a pessoa amada, andar de mãos dadas ao final de tarde, trocar sorrisos cúmplices e olhares tímidos, proferir juras de amor que com o tempo podem ser esquecidas para sempre. Também não acredito em amor à primeira, segunda, terceira ou qualquer vista. Pra dizer BEM a verdade, eu não acredito em qualquer demonstração de amor...

-....


- Em todos esses anos, o amor jamais sorriu abertamente para mim e não vai ser hoje ou amanhã que ele sorrirá. Creio eu que ele não sorrirá nunca para mim. Já cansei de viver sonhando com príncipes encantados montados em cavalos brancos. Cansei de ouvir músicas românticas e imaginar que meu verdadeiro amor viria ao som da mesma. Cansei de repetir mil vezes para mim mesma "Hoje você irá conhecer o amor da sua vida". Sabe por que?

-....

- Por que isso não existe. Príncipes encantados não existem. Amores perfeitos não existem. Amor à primeira vista não existe. O amor, em si, não existe. Ele deixou de exisistir há muito tempo.

Um momento de silêncio. Mais uma tragada no cigarro.


- Gostou da resposta?

- ... Não era bem o que eu queria ouvir, mas tudo bem.

-Não posso fazer nada. Essa é a verdade: Dura, nua, crua...




E sem amor...

2 comentários:

Mad Wonka disse...

Quanta amargura nesse coraçãozinho filha. o_o~

♪♪Thays♪♪ disse...

Infelizmente, my dear Mad, é como eu me sinto quando escrevi este pequeno post XD